Meus 5 galãs preferidos do mundo das séries

FotorCreatedPessoas bonitas têm em todo lugar e o universo das séries é repleto delas. Mais especificamente listarei aqui apenas os homens. Gosto é algo subjetivo, por isso fiz questão de enfatizar no título que os galãs escolhidos aqui são em relação à minha preferência. E já devo avisar que sempre tive uma queda por homens cabeludos, tanto que o cabelo do meu marido que bate na cintura .

Então vamos lá melhorar nosso dia com alguns belos homens:

Continuar lendo

Revenge renasce das cinzas só no final

revenge-season-4

Alguns mortais insistiram até agora na saga de vingança de Amanda Clarke. Isso porque a série já havia se tornado uma novela das 9 há muito tempo. Porém, devido ao recente comunicado do final de Revenge, a série tomou um outro rumo e reencontrou o fôlego que a tornou referência na primeira temporada.

Se você não está em dia com a série, o texto a seguir contém spoilers.

Continuar lendo

Moda nas séries de TV – parte 1: o glamour nos Hamptons

As séries nos Estados Unidos, assim como as novelas brasileiras, exercem grande influência no estilo de muita gente.  Sex and the City é uma das referências dos anos 90. E com certeza Revenge, apesar da história estar sendo prolongada sem muito sentido – afinal David Clarke está vivo – é uma das séries atuais que influenciam e tem grande referência no mundo da moda.
emi2
Revenge acabou de voltar do segundo interminável intervalo dessa temporada. E apesar da vingança agora ser o objetivo de vida da Margaux em vez de Emily, algo essencial em Revenge não mudou: o capricho nos figurinos das personagens.

Continuar lendo

Revenge – a série que já deveria ter acabado (SPOILERS)

Revenge-Season-4

Sou fã de Revenge. Ou era. Achei a trama bem curiosa quando soube do que se tratava. Uma mulher (Amanda Clarke) que assumia outra identidade (Emily Thorne) para vingar a morte do pai (David Clarke). Ele foi acusado e morto injustamente por um ato terrorista.

Clarke_Family
David e Amanda Clarke (Emily) no passado

Para isso, ela se muda para a região dos Hamptons (onde passou a infância com seu pai) e ataca todos que prejudicaram seu pai, principalmente a família Grayson (Conrad Grayson é o responsável por incriminar David) e Victoria Grayson, mesmo tendo um caso com David, ficou ao lado do marido quanto à farsa no ato terrorista.

Continuar lendo

As mulheres fortes da TV americana

Tenho assistido séries que vão além quanto à representação social das mulheres. Vão além da maternidade e do romance, e as mulheres atuam como protagonistas das séries em outros contextos.

DARBY STANCHFIELD, KERRY WASHINGTON, COLUMBUS SHORT, GUILLERMO DIAZUm exemplo que extrapola as representações fajutas de sempre (mulher-mãe, mulher dona-de-casa e/ou mulher-sexy) é Scandal. A protagonista, uma mulher forte (aguenta qualquer tranco), é Olivia Pope. Além de ser mais uma série protagonizada por uma mulher, aqui é importante frisar que a mulher poderosa é negra, uma raridade na televisão (agora há outra sendo transmitida nos Estados Unidos: How To Get Away With a Murder).

Continuar lendo